3 dias sem transportes públicos…

Pensava eu que, depois de UM ANO E DUAS SEMANAS sem transportes públicos no troço de rua onde resido (Lisboa), o inferno tinha finalmente terminado.

Parvoíce minha porque este fim de semana (Sábado, Domingo e segunda-feira), o mesmo troço de rua encontra-se CORTADO, uma vez mais, aos transportes públicos (Carris), carreiras 712 e 742.

Os tipos da C.M.L. devem ter engraçado com este troço de rua, pois com tantas obras em sequência, dá para concluir esse contexto, já que esquecem-se que existem idosos, cidadãos com mobilidade reduzida, crianças e fregueses em geral, que precisam de continuar a fazer as suas vidas e têm de percorrer, nos dois sentidos (Meia Laranja até ao Largo da Triste Feia em Alcântara), alguns quilómetros a pé, com sacos de compras!

Nas traseiras do prédio onde resido, deparei-me com a tal grua que falaram e que provocou o corte da rua, ou seja, a versão é que o corte devia-se a ter de estabilizar uma grua. Não sei com que finalidade, mas veremos se são apenas 3 dias…

Ficam as imagens dessa grua: