1179: NASA deu a conhecer os seus novos fatos espaciais de próxima geração

TECNOLOGIA/ESPAÇO/NASA

O ambiente inóspito do espaço exige que aqueles que o visitam estejam altamente equipados, garantindo a sua sobrevivência. Então, a NASA revelou, recentemente, os novos fatos espaciais que serão utilizados pelos seus astronautas.

O equipamento está equipado com tecnologia de próxima geração e foi desenvolvido tendo em mente as futuras missões Artemis e outras à Estação Espacial Internacional (em inglês, ISS).

Os astronautas da NASA vão receber novos fatos espaciais. Com o selo da Axiom Space, uma empresa privada de desenvolvimento de infra-estruturas espaciais, e da Collins Aerospace, um fornecedor de produtos aeroespaciais, os novos fatos de próxima geração garantirão que os tripulantes estão seguros, mas também confortáveis.

Aliás, num comunicado de imprensa divulgado em maio, a NASA exigiu que o vestuário permitisse que os humanos “explorassem a superfície lunar e desbloqueassem novas capacidades de passeios espaciais fora da ISS”. Para a agência espacial americana, esta é “uma parte crítica do avanço da exploração humana no espaço e a demonstração da liderança americana contínua”.

Protótipo de fato espacial apresentado pela NASA, em 2019. Entretanto, devido a questões financeiras, problemas técnicos e outros entraves associados à COVID-19, o seu desenvolvimento foi sendo adiado, até à proposta da NASA, em Abril de 2021, para que empresas privadas desenvolvessem os seus novos fatos espaciais.

A Collins Aerospace revelou que os novos fatos espaciais, que estarão prontos para testes dentro de poucos anos, adoptam uma dinâmica mais moderna e mais desportiva. De acordo com a NASA, estão preparados para acomodar qualquer tipo de corpo.

Quando chegarmos à Lua, teremos a nossa primeira pessoa de cor e a nossa primeira mulher que usará e utilizará estes fatos no espaço.

Disse Vanessa Wyche, directora do Johnson Space Center da NASA, em Houston.

NASA pretende fatos de qualidade para os seus astronautas

A agência espacial americana tem vindo a trabalhar na tecnologia dos fatos espaciais nos últimos 15 anos, tendo investido mais de 420 milhões de dólares no projecto, desde 2021. Esta renovação surge pela necessidade de a NASA renovar os fatos espaciais que “excederam em mais de 25 anos a sua vida útil de concepção”. O investimento milionário justifica-se por ser precisa “manutenção dispendiosa para garantir a segurança dos astronautas”.

A tecnologia dos fatos espaciais, no entanto, aos 40 anos está agora a envelhecer, e por isso gostaríamos de experimentar novas tecnologias.

Disse Dina Centella, gerente de integração de operações da estação espacial da NASA.

Em breve – e servirão também para isso estes novos fatos -, a NASA pretende riscar mais dois objectivos: aterrar a primeira mulher e a primeira pessoa de cor na superfície da Lua.

Pplware
Autor: Ana Sofia Neto
07 Jun 2022