Finalmente… fui à rua!

 

Quase UM ANO depois, saí da “toca” a que me submeti VOLUNTARIAMENTE.

Hoje, fui à rua, tratar do meu CC, devidamente PROTEGIDO não só pessoalmente, como para com terceiros. É que eu prezo muito o respeito que os meus concidadãos merecem, embora a maior parte deles não mereçam.

CUMPRINDO as directivas da DIRECÇÃO GERAL DE SAÚDE e os decretos da governança, sobre “DEVER DE RECOLHIMENTO DOMICILIÁRIO”, em pleno ESTADO DE CALAMIDADE NACIONAL, penso que cumpri a minha OBRIGAÇÃO como cidadão deste País.

Protegi-me e protegi os outros, coisa que muita gente não faz. É que tenho a “mania” de ser CUMPRIDOR das leis do meu País, apesar de não concordar com algumas, mas se elas estão vigor, quer se goste ou não delas, é para SEREM CUMPRIDAS.

E já agora, aproveito para informar que a partir desta data, este registo do FB servirá apenas para publicar os artigos dos meus Blogues. Cheguei à conclusão que não tenho tendência, nem pachorra, para pregar no deserto.

Publicado no Facebook em 11.05.2021

 

Não me calo…!!!

A IRRESPONSABILIDADE e a IRRACIONALIDADE continuam a frequentar e a afectar mentes tacanhas, próprias de ACÉFALOS sem um mínimo de RESPEITO pela comunidade onde se inserem.

Falta de CIVISMO e de CIDADANIA, são apanágio desta gentinha que anda a organizar, promover e participar, em passeatas em grupos além dos limites permitidos pela actual PANDEMIA e em ESTADO DE CALAMIDADE NACIONAL, além de NÃO RESPEITAREM A DISTÂNCIA SOCIAL preconizada pela DGS e decretos do governo.

E são como aquelas pilhas que duram… duram… duram…

Não existe autoridade que ponha cobro a estas INFRACÇÕES? Multam pessoas que comem uma sandes dentro da sua viatura e esta gajada anda à solta sem qualquer inconveniente?

Porra, pá! Esta merda já TRESANDA!!!

… é que a PANDEMIA ainda não se foi embora! O bicho continua por cá e vai durar ainda muito tempo com a ajuda destes labregos que não possuem a mínima noção da gravidade da situação. Um autêntico rebanho guiado pelo seu pastor que é tão burro quanto eles! LEIAM SEUS ANORMAIS: “Mais uma morte e 158 casos em Portugal em 24 horas. Há mais nove internados.

Há agora 73 doentes com covid-19 internados em unidades de cuidados intensivos. R(t) mantém-se em 0,92 a nível nacional e a incidência continua a descer.” Embora o R(t) esteja na zona “verde”, as mortes e infectados não param, embora em menor número. MAS CONTINUAM A EXISTIR!

Publicado no Facebook em 10.05.2021