986: EAU vão enviar um astronauta para a Estação Espacial Internacional

ESPAÇO/EAU/EEI

O espaço está a ser aos poucos desvendado e ninguém quer ficar de fora dessa exploração. Desta vez, serão os Emirados Árabes Unidos (EAU) a enviar um astronauta para uma missão de seis meses na Estação Espacial Internacional (em inglês, ISS).

O escolhido voará a bordo do Falcon 9, algures em 2023.

De acordo com a Associated Press, os EAU compraram um lugar num foguete da SpaceX, para que um astronauta possa viajar até à ISS para uma estadia de seis meses. Esta será a primeira missão de longo prazo do país que, a par de outras nações, quer investir na exploração espacial.

A novidade foi adiantada pelas autoridades dos EAU, na sexta-feira, e, em princípio, o lançamento terá lugar no próximo ano, a partir do Kennedy Space Center, na Florida.

Os EAU compraram o lugar no Falcon 9 da SpaceX através da Axiom Space, uma empresa privada que tem reunido esforços para comercializar o turismo espacial. Esta será, então, a segunda vez que os EAU enviam um astronauta para o espaço – em 2019, Maj. Hazzaa al-Mansoori passou oito dias a bordo da ISS.

Maj. Hazzaa al-Mansoori, astronauta dos EAU

A declaração emitida pelo país não revelou o astronauta que voará em 2023, nem o valor do lugar reservado no Falcon 9 da SpaceX. No entanto, sabe-se que o preço do bilhete que a Axiom Space cobrou aos cidadãos que o garantiram no início de Abril ronda os 55 milhões de dólares, incluindo a viagem e o alojamento.

Além destes pequenos passos que os EAU têm dado, também estabeleceram 2117 como o horizonte temporal para instalar uma colónia humana em Marte. Recorde-se que também o CEO da SpaceX Elon Musk tem o objectivo de estabelecer humanos no planeta vermelho, por forma a garantir uma segunda casa ao seres humanos.

Pplware
Autor: Ana Sofia Neto
01 Mai 2022


Pelas vítimas do genocídio praticado
pela União Soviética de Putin, na Ucrânia
For the victims of the genocide practiced
by the Soviet Union of Putin, in Ukraine