427: O misterioso diamante negro The Enigma — que se suspeita que seja oriundo do Espaço — vai ser leiloado

SOCIEDADE/THE ENIGMA

Sotheby’

O diamante vai ser exibido em Los Angeles e em Londres, onde vai ser leiloado a 3 de Fevereiro. Os leiloeiros também vão aceitar o pagamento em criptomoedas.

O The Enigma é tão enigmático que até a sua origem é misteriosa. Este diamante de 555.55 quilates e 55 faces que pode até ter vindo do Espaço, segundo algumas teorias, está actualmente em exibição nos Emirados Árabes Unidos e vai ser leiloado em breve, aponta o Interesting Engineering.

De acordo com a leiloeira Sotheby’s, este é o maior diamante negro conhecido e foi registado como o maior diamante lapidado do mundo no livro de recordes do Guinness em 2006.

A especialista em jóias da Sotheby’s Sophie Stevens lembra ainda que o número cinco tem um significado especial para o diamante, com as suas 55 faces e 555.55 quilates.

“O formato do diamante é baseado no símbolo de palma do Médio Oriente de Khamsa, que representa a força e a protecção”, refere, lembrando que Khamsa significa cinco em árabe.

Os diamantes negros são extremamente raros. São mais comuns no Brasil e na América Central e os investigadores ainda estão a tentar decifrar o que leva a que estes apareçam em locais tão limitados e o que os torna tão duros.

Uma análise ao isótopo de chumbo já tinha mostrado que estas rochas têm cerca de três mil milhões de anos, mas surpreendentemente, são encontradas em localizações com sedimentos mais jovens.

No entanto, há uma teoria alternativa que aponta para que estes diamantes tenham sido criados numa super-nova há quase quatro mil milhões de anos e que atravessaram o Espaço até entrarem na atmosfera da Terra e caírem como meteoritos na região que agora conhecemos como o Brasil e partes da América Central.

O alto conteúdo de hidrogénio e os seus isótopos de carbono também suportam a teoria da origem extraterrestre do The Enigma.

O diamante vai ser levado para Los Angeles ainda este mês e ainda irá estar em exibição em Londres antes do seu leilão a 3 de Fevereiro. A leiloeira vai também aceitar o pagamento em criptomoedas.

  ZAP //

ZAP
20 Janeiro, 2022