1169: Dica: Quer traduzir no Firefox com toda a privacidade? Veja esta alternativa simples

TECNOLOGIA/MOZILLA FIREFOX/BROWSER/TRADUTOR WEB

O Firefox tem um conjunto alargado de ferramentas que podem ser usadas de forma directa, para melhorar a navegação na Internet. Para além das que estão incorporadas nativamente, há ainda as que são instaladas via extensões.

A proposta que agora trazemos vem encaixar-se neste patamar, com uma capacidade que muitos precisam e querem ter presente. Falamos das traduções, que agora recebem uma actualização de peso e tornam-se mais seguras e com privacidade no Firefox.

A quase totalidade dos browsers traz para os utilizadores ferramentas de tradução nativas ou aconselhadas pelos seus criadores. Estas permitem a qualquer utilizador ler páginas web em qualquer idioma, sem qualquer problema ou dificuldade.

Para a maioria dos utilizadores esta solução é certamente suficiente, mas tem uma ligeira situação fora do controlo do utilizador. Estas traduções assentam em serviços Cloud, o que dá acesso a todo o texto que vai ser transformado para outro idioma.

Para alterar este cenário, a Mozilla tem agora uma novidade que todos podem usar no Firefox. Esta extensão pode ser instalada na proposta da criadora deste browser e ser explorada de forma simples, com o foco na privacidade e na oferta do que estas se propõem a realizar.

Por agora estão apenas disponíveis 6 idiomas para tradução, que decorre directamente no browser do utilizador. Não existe qualquer processamento fora do PC do utilizador e nenhuma informação adicional é passada para fora do browser do utilizador.

O nosso português está presente desde o início e por isso pode ser usado desde o primeiro momento. Basta clicar com o botão direito do rato em qualquer texto e pedir para traduzir a página. Escolher o idioma de destino é simples e fácil para qualquer utilizador.

Para quem se preocupa com a privacidade, esta extensão do Firefox é a ideal. Toda a tradução é realizada no PC do utilizador e sem passar qualquer texto ou outra informação para os serviços que fazem este processo.

Pplware
Autor: Pedro Simões


 

928: É melhor actualizar já o Chrome! Google alerta para nova falha de segurança a ser explorada

– Para os utilizadores do browser (navegador) CHROME, saiu uma actualização (100.0.4896.127) que pode ser descarregada de imediato.

TECNOLOGIA/INTERNET/BROWSERS/CHROME

A versão 100 do Chrome mostrou como este browser da Google tem evoluído. As novidades são várias, alargando a forma como esta proposta tem evoluído, dominando a Internet e os sistemas onde tem uma presença forte.

Com novidades já bem apresentadas, surge agora um problema grave. A Google alertou que este browser deverá ser actualizado com urgência, para eliminar um problema de segurança que está a ser activamente explorado.

Foi há poucas horas que a Google lançou a versão 100.0.4896.127 do Chrome. Esta é uma actualização de emergência que a gigante das pesquisas tornou disponível para mitigar uma falha de segurança grave para o seu browser.

Esta deverá ser instalada com a máxima urgência para que seja resolvido um problema de segurança grave. Além da falha, a Google quer que este problema seja resolvido rapidamente, por estar a ser explorado por vários atacantes na Internet.

Marcada como CVE-2022-1364, existe pouca informação sobre a falha de segurança do Chrome. A Google está a reter informação para que não seja explorada por mais atacantes e assim deixar mais utilizadores vulneráveis a este problema grave.

Ainda assim, e do que foi possível saber, este problema está no motor de javascript deste browser. O motor Chrome V8 JavaScript está vulnerável a um ataque do tipo confusion, que já no passado se revelou problemático para este browser.

Revelado na passada 4ª feira, a Google rapidamente tratou de identificar e resolver o problema do Chrome. Como resultado, lançou esta actualização, que recomenda que seja imediatamente instalada por todos os utilizadores.

Assim, e segundo o que a Google recomenda, é importante que procurem manualmente a nova versão do Chrome. Só após a sua instalação este browser estará protegido e longe de problemas graves. Esta é, desde o início do ano, a terceira situação crítica que afecta o Chrome e que foi necessário resolver desta forma.

Pplware
Autor: Pedro Simões
15 Abr 2022


Pelas vítimas do genocídio praticado
pela União Soviética na Ucrânia


 

605: Usa o Chrome, o Firefox ou o Edge? Pode vir a sentir algumas dificuldades

– Vai acontecer o mesmo, para quem se recorda, da passagem de 1999 para o ano 2000. O bug do milénio Y2K que foi resolvido, assim como este também será resolvido. Sei que as empresas detentoras destes browsers, estão a planear “congelar” as versões no número 99 até conseguirem solução para ultrapassarem o problema. Como sempre trabalhei com o Mozilla Firefox (tenho a última versão 97.0.1), resta aguardar pela resolução deste percalço informático.

TECNOLOGIA/INTERNET/BROWSERS

Os navegadores estão a aproximar-se da versão 100, que pode apresentar alguns problemas técnicos.

Alguns dos navegadores mais utilizados em todo o mundo – o Google Chrome, o Mozilla Firefox e o Microsoft Edge – estão prestes a receber uma actualização que os vai levar para a versão 100, uma mudança que poderá resultar em alguns erros e problemas de compatibilidades em alguns sites.

Estes problemas estão relacionados com o facto de determinados sites não estarem preparados para ler ‘strings’ de três dígitos. Como conta o Engadget, os problemas poderão ser semelhantes aos verificados na passagem de 1999 para o ano 2000, que provocou alguns erros em sistemas informáticos.

As equipas responsáveis pelos navegadores têm procurado trabalhar para minimizar os ‘estragos’ resultantes do lançamento destas actualizações, sendo no entanto natural que alguns sites não estejam preparados nos primeiros tempos.

Notícias ao Minuto
Miguel Dias – 19/02/2022 às 23:00